-------------------------------Todos os comentários serão moderados pelos administradores do blog, a fim de se evitarem comentários sem conteúdo pertinente de discussão------------------------------------

quinta-feira, 10 de março de 2016

O blog Mistica Leonina vai encerrar portas....temporariamente!

Caros amigos leitores do blog, por razões pessoais/profissionais, vamos ter de encerrar o "Mistica Leonina" por tempo indeterminado.
Eu, por motivos pessoais, e os meus companheiros de blog por motivos pessoais/profissionais não temos o tempo necessário para que possamos ser um blog activo como os nossos leitores merecem.

Uma coisa que sempre foi nosso apanágio, foi a defesa do nosso Sporting e ao luta contra as "máfias instituídas" do futebol português...espero que quando voltarmos, estejamos mais fortes a nível de blog.

Quero agradecer a todos os que nos seguem, a vossa amizade e dedicação.

Não será um "Adeus" mas sim um "até qualquer dia"

PS: acontecerá o mesmo no que respeita ao nosso facebook.

Rúben Semedo renovou contrato até 2022

O Sporting oficializou a renovação de contrato com Rúben Semedo até 2022, mantendo-se a cláusula de rescisão fixada nos 45 milhões de euros.

No âmbito desta renovação, os leões recuperaram ainda os 10 por cento dos direitos económicos do jogador que não estavam na posse do clube, ficando agora com 100 por cento dos mesmos.

terça-feira, 8 de março de 2016

Feliz dia da mulher


Modalidades no fim de semana

Futsal

O Sporting apurou-se para a "final8" da Taça de Portugal após ter eliminado o Sp. Braga por 1-0 com um golo de Fortino a dois minutos do fim da partida.

Hóquei em Patins

No segundo jogo contra o Sarzana os leões aplicaram nova goleada, desta vez vez por 10-3 (depois do 8-2 da primeira mão em Itália) e qualificaram-se para as meias-finais (final-four) onde vão jogar contra o CP Vilafranca (equipa espanhola que está em 9º lugar na Liga) a 30 de Abril/1 de Maio

A outra meia final é entre o Óquei de Barcelos e os italianos do ASD Matera

domingo, 6 de março de 2016

Sporting-0 benfica-1 "quem jogou para ganhar...acabou por perder, ou a exibição de Guimarães revisitada"

Não sou adepto de vitórias morais, até porque elas são sinal de derrota, mas existem jogos em que qualquer adepto vê a justiça ou se quiserem a injustiça do resultado.

Ontem foi esse o caso, tivemos um jogo em que o factor principal da vitória do nosso adversário foi só um...SORTE, aliás este jogo teve umas certas semelhanças com o derby da época passada em Alvalade, uma equipa a jogar á bola e a tentar ganhar, a outra a tentar de todas as formas a não perder usando as todas as artimanhas necessárias para que isso acontecesse, desde simulação constantes de lesões, passando pela frequente permanência de duas bolas em campo provocada pelo jogadores e banco do benfica, até aos lançamentos laterais onde se perdia praticamente um minuto em cada um deles, com a bola a circular de mão para mão até se descobrir quem o iria executar,

Na realidade já vi equipas pequenas e com muito menos argumentos jogarem am Alvalade com mais caracter e atitude positiva.
O que salta á vista depois do jogo ter terminado, é que o Sporting é muito mais equipa que o benfica e Rui Vitória sabe-o, por isso usou a estratégia que era habitual no V. Guimarães quando se deslocava aos estádios dos grandes.

Os resaltos sobravam constantemente para a equipa visitante, aliás o único golo da partida, nasceu precisamente de um resalto em William Carvalho, que foi aproveitado por Mitroglou

Depois disso tudo, houve uma tremenda incapacidade dos jogadores leoninos colocarem a bola dentro da baliza encarnada, destacando-se duas perdidas incríveis de Bryan Ruiz que só com a baliza á frente na primeira ocasião não acertou bem na bola e na segunda ocasião conseguíu enviá-la por cima da trave quando estava a dois metros da linha de golo com as redes escancaradas, antes disso já Jefferson tinha rematado com estrondo á trave.

A complacência do árbitro nos lances a roçar a agressão foi constrangedora, alías houve uma agressão do caceteiro de serviço Renato Sanches (antes do cartão amarelo, que sería obrigatóriamente vermelho directo, já tinha feito mais  de uma duzia de faltas) que foi apenas punida com cartão amarelo e um lance que Lindelof agarrou Slimani dentro da área e que podería ter dado grande penalidade.

A equipa do Sporting revelou querer e muita vontade, principalmente na segunda parte atacou de todas as formas possíveis mas a bola teimou em não querer entrar, enfim...os Deuses do futebol não estão connosco, como que a dizer que no futebol não há justiça.
Já na jornada anterior em Guimarães algo de semelhante aconteceu, golos perdidos de forma escandalosa, fizeram com que o Sporting não somasse os três pontos que merecia.

Levanta a cabeça Leão, pois neste campeonato e até hoje, ninguém foi mais forte que tu!

sexta-feira, 4 de março de 2016

Rui Patrício renova até 2022

O Sporting anunciou esta sexta-feira a renovação de contrato com Rui Patrício por mais três temporadas, prolongando a ligação entre as partes até 2022.

A cláusula de rescisão foi revista em alta, aumentando de 40 milhões de euros para €45 milhões.

«O Sporting é a minha segunda casa. Já estou aqui há mais anos do que aqueles que estive em casa dos meus pais. Não há dúvida de que tenho muito carinho por esta casa. É um clube que sempre me ajudou a crescer, como jogador e como pessoa. Tenho de agradecer por tudo o que sou hoje», afirmou o guarda-redes, de 28 anos, citado pelo site do clube de Alvalade.

terça-feira, 1 de março de 2016

Dominar e jogar melhor não foi suficiente


Num jogo de elevado grau de dificuldade, o Sporting deslocou-se até à cidade berço para defrontar o Vitória de Guimarães que, em casa, é sempre um adversário muito complicado para qualquer equipa.

O jogo, tal como se esperava, foi muito intenso e bem disputado, mas o Sporting teve sempre um claro ascendente sobre o adversário ao longo dos 90 minutos.


O Sporting foi melhor e isso traduziu-se em mais posse de bola (58% vs 42%), mais remates (14 vs 6) e até mais cantos (9 vs 4), mas, no futebol, para vencer é preciso marcar golos e nesse capítulo Sporting não esteve muito bem. As oportunidades criadas foram suficientes para vencer a partida, mas o jogadores leoninos revelaram-se sempre perdulários no momento de rematar à baliza adversária.

E é esta a imagem com que fico do jogo: um Sporting que conseguiu dominar o adversário num campo difícil, nem sempre jogando muito bem (é certo), mas sempre com a garra e empenho necessário para trazer os 3 pontos para casa. Só que falhou no capítulo final e, para a história, fica um empate sem golos com um sabor amargo que nos deixa com apenas 1 ponto de vantagem sobre o rival que vamos receber em Alvalade no derby de Lisboa.


Sinceramente, a minha confiança na equipa não se alterou depois deste jogo. Não entro em depressões ou crises desnecessárias só porque vamos receber o Benfica com 1 ponto de avanço em vez de 3. A verdade é que continuamos em primeiro lugar e vamos defender essa mesma liderança com a confiança de quem quer vencer e dar um passo importante rumo ao título. Mas são apenas 3 pontos que de nada nos valerão se no jogo seguinte não vencermos o Estoril.

Agora existe um facto ao qual devemos dar muito valor que é a excelente época que estamos a fazer no campeonato.

O Sporting segue na liderança com 59 pontos, fruto de 18 vitórias, 5 empates e apenas 1 derrota. Isto tem que ser realçado para que tudo aquilo que de bom foi feito não seja colocado em causa por um ou outro resultado mesmo positivo.

A título de comparação, nos últimos 4 títulos nacionais que Sporting conquistou, a performance leonina a 10 jornadas do fim era a seguinte:

2001/2012
5 empates e 3 derrotas (19 pontos desperdiçados)

1999/2000
7 empates e 2 derrotas (20 pontos desperdiçados)

1981/1982
5 empates e 0 derrotas (10 pontos desperdiçados)

1979/1980
2 empates e 2 derrotas (10 pontos desperdiçados)

Na corrente época, o Sporting já desperdiçou 13 pontos, o que nos coloca praticamente ao nível dos títulos da década de 80 e claramente acima do que Augusto Inácio e Lazlo Boloni conseguiram fazer.

Estamos a disputar o título quando, num passado bem recente, estávamos já completamente afastado das contas e a Liga dos Campeões era apenas uma miragem.


Daqui até final, tudo pode correr bem ou correr mal, porque os nossos rivais também estão a fazer um bom campeonato, mas aquilo que já fizemos este ano não pode ser esquecido...

E que não seja pelos adeptos que o sucesso não seja atingido. Por isso, vamos apoiar a equipa mais do que nunca e gritar bem alto o que nos vai na alma:

EU QUERO O SPORTING CAMPEÃO!!!

Pavilhão João Rocha - semana 30

Obras do Pavilhão continuam em bom ritmo. 30ª Semana da construção do nosso Pavilhão João Rocha!

domingo, 28 de fevereiro de 2016

(Futsal) Sporting-8 Leões de Porto Salvo-1

O Sporting recebeu e venceu o Leões de Porto Salvo por um concludente 8-1, os pupilos de Nuno Dias iniciaram a goleada bem cedo. 
Diogo marcou com pouco mais de um minuto de jogo - o brasileiro ainda bisou (4m) os outros golos foram marcados por Cavinato (3m, 29m), Fortino (25m), Bruno Cardoso (23m p.b.), Paulinho (35m) e Pedro Cary (39m) fizeram os restantes golos dos verde e brancos.